terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Em Prova: Trilho em pormenor Tinto 2016

Tenho o prazer de acompanhar o projeto do Pedro Coelho praticamente desde o inicio. Ainda me lembro quando o conheci, numa pequena feira de vinhos no Porto, num piso inferior para os lados do Bolhão. Gostei imediatamente do projeto - diferenciador para a região, e fico muito feliz em vê-lo chegar a um patamar de consistência de qualidade, que culmina com este magnifico vinho tinto, topo de gama, dos melhores vinhos que provei este ano - Trilho em Pormenor Tinto 2016. Desfazendo o nome TRILHO temos a explicação do vinho: TRILHO TRIO TRI. Assim, o nome indica que, seguindo um TRILHO (caminho) feito por um TRIO (os 3 sócios deste projeto) em 3 vinhas, fermentadas em TRI (3 ) tipos de fermentações diferentes. Uvas provenientes de vinhas muito velhas (+80 anos), com predominância de Tinta Barroca, Tinta Roriz e Touriga Franca. Duas das vinhas, plantadas no planalto de Alijó a 700mts de altitude e a terceira de uma vinha perto de S. João da Pesqueira. Vinho vinificado com leveduras indígenas, seguindo a linha Pormenor. Fermentação com 80% de engaço, maceração leve e pouco extrativa durante 8 semanas.

Apesar dos seus 24 meses de estágio em barricas e pipas usadas de Carvalho Francês de 225lts e 500lts, a madeira não se sente, apenas aportando complexidade a um conjunto tenso, mas com uma elegância suprema. Bom tanino, Fruta vermelha muito boa, boca muito fresca, com uma acidez salivante e álcool moderado, que torna o vinho delicioso e sumarento, gole após gole. 

Um vinho atual, de futuro, elaborado com premissas dos antepassados Durienses. Que seguramente irá envelhecer bem em garrafa. Cerca de 600 garrafas produzidas. PVP: 40€. Garrafeiras Selecionadas.

Sérgio Lopes

Sem comentários:

Publicar um comentário